Escritora e Preletora.

Não somos um erro, nem um plano B do Senhor, nem obra do acaso

somos um presente para essa geração.

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube

LIVROS

livro frente.png

ESCOLHIDA, NÃO ACASO É PROPÓSITO

TODO VALOR REVERTIDO AO PROJETO ECCA 

 

BIO

_MG_5894.jpg

 Sua caraterística muito evidente é ser extrovertida e usa isso em seu favor de uma forma descontraia para  falar sobre o que Jesus faz e tem feito em sua vida. Ela é alegre, falante e muito determinada, em suas ministrações facilmente vai lhe roubar um sorriso.

Tem total convicção que ninguém nasce por acaso e que podemos ser pessoas comuns e mesmo assim relevantes.

 

Nascida e criada na cidade Bauru -SP e aos 19 anos, tomou a decisão que mudaria a sua vida: parou de dirigir e entregou o volante para o Criador, Jesus Cristo, que para ela sem dúvidas é o melhor condutor. Nesse mesmo Casada com Eduardo Augusto, mãe do, Brayan e da Aysla. É formada em teologia desde 2017.

Em 2009, Juliana e o esposo, fundaram um projeto social chamado ECCA (Ensinando Cristo a Crianças e Adolescentes) e seguem neste propósito somando na vida de cada  um que passa  por este projeto

_MG_5570.jpg

LIVROS

livro frente.png

ESCOLHIDA, NÃO É ACASO É PROPÓSITO

TODO VALOR SERÁ REVERTIDO AO PROJETO ECCA 

 
 

PROJETO INSPIRANDO

inspirando co e col.png
 
 

DEPOIMENTOS

_MG_5876.jpg

Sandra, Mãe

Bauru SP

Falar da minha caçula é um orgulho, uma filha sempre presente e amorosa, com um gênio muito forte mas sempre humilde, uma menina que era tímida se tornou uma pessoas comunicativa, feliz , sempre muito observadora e as vezes um pouco critica, sempre presente com a família e vê-la crescer é um motivo de grande satisfação.

_MG_5894_edited.jpg

Bauru SP

Esta menina que conheci e hoje se tornou mulher ao meu lado, e não é uma simples mulher, mas como gosto de chama-la a minha mulher maravilha. Que entrou menina em um campo de guerras e batalhas e saiu um tanque de guerra.

Menina que muitas vezes a vi chorar e hoje uma mulher que me inspira a orar, a perseverar, a não só entender, mas compreender que nunca foi sorte ou azar, não é acaso é propósito

 

Eduardo, Esposo

CONTATO

Obrigado pelo envio!